14 de maio de 2008

Irina Palm (2007)


Eu odeio estes cartazes de filme que julgam o filme, do tipo "comédia politicamente incorreta" ou "de rir e de chorar". O cartaz em vermelho, a versão espanhola, pelas cores, parece representar melhor o que é o filme, salvo este julgamento de discordo.

A história de uma avó de meia idade numa cidade perto de Londres que deseja ajudar o filho e a nora na doença do seu filho não é nada engraçada, ao meu ver.

Este filme lida com valores e princípios que em situações limite, como uma doença de uma criança, podem ser questionados.

Não sabia do que se tratava o filme quando vi e acho que por isso não foi uma imensa surpresa.

De qualquer forma, demonstra as saídas do ser humano para afrontar dificuldades, mesmo que isso suponha uma mudança radical. Acho que esta mudança é o mais interessante do filme...


Quem quiser saber mais sobre o filme http://www.golem.es/irinapalm/

Um comentário:

Rogério disse...

Oie Camila!

Este blog é show de bola! Levo fé que tu ainda vais ganhar dinheiro com ele, e escrevendo sob os olhares do Vale dos Vinhedos!

Vou assistir este filme, mas gostaria que tu comentasse sobre Juno e Across the Universe. Assiste e depois trocamos confidências sobre estes filmes, ok?!

Beijos!