7 de outubro de 2007

Sabores da Hungria_ Sopa Goulash


Realmente, para conhecer um pouco do lugar que a gente visita, além de passear pelas ruas visitar museus, feiras, monumentos emblemáticos, uma das maneiras de se aproximar da cultura local é provar seus pratos típicos. Interessante que seja fora do eixo turístico, tentando descobrir o lugar onde os locais freqüentam.
Em Budapest, não poderia ser diferente, ainda mais com a companhia dos excelentíssimos amigos Letícia e Rogério. Indicação da moça que atendia no albergue (húngara, psicóloga, fazendo um bico de recepcionista) em que estávamos, fomos a este restaurante e provamos a Gulyásleves (Sopa Goulash). Sempre achei que goulash era um prato, tipo carne de panela, mas na Hungria é uma sopa, bem temperada, forte e muito deliciosa.

Um curiosidade que gulyás significa homem do interior e leves significa sopa.
A comida, em geral, é a base de paprika, que em muitas lojas de souvenirs, vendem o saquinho de paprika. Esta receita peguei num site de receitas húngaras e acho que se aproxima ao que comemos. Ainda não fiz porque estamos ainda com calor em Barcelona e tomar esta sopa seria meio complicado. Lá vai a receita:


Sopa Goulash (para 6 pessoas)
  • 1kg de carne cortada em cubos
  • 1 cebola cortada em cubos
  • 2 colheres de sopa gordura (eu usaria azeite de oliva)
  • 2 a 4 colheres de sopa de paprika doce
  • 1 cenoura em cubos
  • Meio litro de água ou caldo de carne
  • 4 batatas cortadas em cubos pequenos
  • Sal, pimenta a gosto
  • 2 batatas, gnocchi (eles colocam uma massa tipo gnocchi bem pequenininha, típica deles)

Dourar a carne numa frigideira e reservar a metade. Colocar numa panela grande todos os ingredientes e o restante da carne. Ferver de 3 a 4 horas em fogo lento. Ir corrigindo com sal, pimenta e água. Quando estiver quase pronta, colocar a carne que foi frita antes e as batatas cortadas em cubo pequenos ou mesmo uns gnocchis. Servir quente e enfeitar o prato com um pimentão vermelho.


OBS: comemos esta sopa de entrada e quase não conseguimos comer o prato principal, por ser um prato, como dizem uns: "de fundamento". Pelas fotos dá para ver um pouco.

Rogério olhando para a Letícia, com olhar de tristeza, com dificuldades de terminar seu prato.

Ítalo e Rogério já sem conseguir dar a garfada final, soltando umas boas risadas.

4 comentários:

Letícia disse...

a sopa é um espetáculo!!!!
como disse o italão...comida de guerra!!!alimenta!!!...as fotos no restaurante mostram "a cara" de quem precisa comer o prato principal depois de comer (lambendo o prato)o goulash!!!!

Gastronomia e Cinema disse...

Ah, tenho que rir... Comida de guerra!!!
Este dia foi especial por vários motivos: por ser meu aniversário, pelas companhias, pelo restaurante (memorável Menza) e pelo menu.

Rogerio disse...

Bah, hoje bateu uma saudade... E uma vontade de comer no Menza... Topa Camila???!!! Hehehehe!

E beijos, muito beijos, na Sofia!!!! Linda!

Filipe Santos disse...

Adoro essa sopa, sempre que vou a Alemanha, a Hinterzarten como sempre essa sopa, deliciosa