17 de setembro de 2007

Como se fosse um mercado

Achei que poderia ser interessante contar esta experiência gastronômica. Com ótima companhia, fomos à este restaurante que se chama "La Paradeta". A dinâmica do restaurante é a seguinte: o sujeito analisa os frutos do mar disponíveis, escolhe a maneira como deseja que seja feito segundo opções que eles determinam (frito, na chapa, molhos, ...), te entregam uma senha e logo aguarda o seu pedido na mesa. Quando chega na sua vez, se retira o prato correspondente pela janelinha da cozinha. Parece um esquema meio self service, porque ao terminar, é responsabildade do cliente retirar os pratos e retorná-los a cozinha. Das variedades de frutos do mar disponíveis na Espanha, neste local se pode encontrar quase tudo, digo quase, porque senti falta de alguns peixes.

3 comentários:

Anônimo disse...

Não te controlou né? Manda as fotos da tua máquina que eu vou te mandar as nossas... bj
Adolfo

Anônimo disse...

Deu fome por aqui, ainda bem que estamos na semana Farroupilha .... muito churrasco e carreteiro... heheheh
bjs - Fernando

Gastronomia e Cinema disse...

Assim não vale... eu queria um churrasco daqueles, mas o que saiu hoje foi um carreteiro de charque, com o restinho que ainda tinha...
Quem não tem cão, caça com gato!