18 de novembro de 2009

Anti Cristo (2009)

Depois de ouvir comentários, ler críticas, vi e mais uma vez me surpreendi. Como todos os anos, estava esperando ansiosamente pelo novo filme do Lars Von Trier, assim como espero os lançamentos do Woody Allen e Almodóvar.
Uma obra como esta, é preciso conhecer o responsável, assim como sua história e seu contexto. Este entendimento, que para mim, é o mesmo necessário para entender as obras de arte contemporânea da Bienal de Artes Visuais do Mercosul. Tem coisas, que a primeira vista, tanto no filme como na Bienal que parecem sem sentido, exagerados, absurdos, sujos, ...
Bem, do filme, posso destacar que algo que caracterizou os filmes de Lars Von Trier foram a polêmica, tanto pelos temas como pela abordagem. Ora, mostrar que a natureza é má e que o sexo pode ser violento e mutilador é muito chocante e assustador. Sem falar no marido que assume o tratamento terapeutico de sua esposa. Isso põe em jogo muitos mitos.
O que me fez relaxar durante o filme e não me "apavorar" é entender que este diretor põe muito de si nos roteiros mas de uma maneira crua, sem limites ou filtros. O homem estava saindo de uma depressão de meses, internado em hospital. É possível compreender o por que ele não seguiu sua linha de rodar sem interrupções, segundo o próprio, as cenas "remendadas" são resultado de sonhos ou lembranças posteriores a gravação.
Tudo isso choca?
O lançamento no Festival de Cannes fez muitos críticos deixarem a sala de exibição. Claro que choca, chocou e continuará chocando.
De qualquer maneira, considero considerando uma obra de arte que merece se ser vista.

2 comentários:

Difundir disse...

Olá,

Estamos montando um cadastro de blogs relevantes segmentados por assunto.
Caso tenha interesse em incluir o seu blog gratuitamente neste cadastro basta nos enviar uma mensagem para blogs@difundir.com.br informando o endereço do seu blog, e-mail de contato e assuntos que são abordados no seu blog.

Abraço,
Sergio
blogs@difundir.com.br
www.difundir.com.br

Paulo RT disse...

Lars Von Trier sempre merece uma atenção redobrad. Não gostei de Europa, mas amei o DogVille, fiz questão de comprar o dvd especial para ver o making off.
Nem sabia desse filme. Adorei o nome e está na minha lista.
PS: Parabéns por colocar 2 coisas tão interesantes para falar: Cinema e Culinária.